sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Receitas de Natal I - Rocambole Recheado

Sabe o que é uma receita de família que faz muito sucesso? Então.... Essa é campeã!!!
Para um tabuleiro de 22x30
  • 100g de manteiga
  • 1 lata de leite condensado
  • 3 ovos
  • 3 colheres de farinha
  • 3 colheres de açúcar
Ligue o forno e coloque a manteiga no tabuleiro para derreter. Sobre a manteiga derretida, despeje a lata de leite condensado (não tem problema se misturar).
Bata os ovos na batedeira por uns 5 minutos ou até triplicarem o volume. Peneire a farinha e o açúcar sobre os ovos e misture levemente (mantendo a massa bem aerada).
Verta a massa sobre o leite condensado, tomando cuidado para não misturar.
Leve a forno baixo por 15 minutos ou até dourar a parte superior da massa.
Desenforme, ainda quente, sobre um pano de prato e enrole o rocambole, prendendo as laterais do pano ao fim para que ele esfrie dentro do pano.
Para aumentar a receita e fazer um tabuleiro maior, siga a proporção de um ovo para cada colher de farinha e açúcar, e, dependendo do tamanho do tabuleiro, dobre também a quantidade de manteiga e leite condensado.
Sirva muito e aprecie sem moderação!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Tilápia à Siciliana

Bom, bom, bom... Muito bom!!!
Tilápia à Siciliana (antes da assar)
Para 4 pessoas:
  • 6 ramos de alecrim fresco (folhas soltas quebradas)
  • 8 colheres de azeite
  • 100g de alcaparra
  • 1 limão siciliano grande (cortado em fatias finas, sem sementes)
  • 50g de aliche ou anchova
  • 500g de filé de tilápia
  • 1/2 xícara de pro seco
Faça uma marinada com o alecrim, o azeite e a alcaparra. Passe os filés de peixe neste azeite temperado e disponha em um refratário. Disponha as  fatias de limão sobre o peixe, cobrindo-o. Coloque o restante das alcaparras a alecrim por cima do limão e espalhe os filés de anchova. Regue com o pro seco e leve ao forno por 20 minutos (220°C).
Acompanha maravilhosamente bem batatas douradas no forno.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Bolo de caneca

Confesso que essa foi uma receita de chocólotra de madrugada, mas valeu a pena! Super inusitado!
Uma caneca de 300ml:
  • 1 ovo pequeno
  • 4 colheres (sopa) de leite
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 2 colheres (sopa) rasas de chocolate em pó
  • 4 colheres (sopa) rasas de açúcar
  • 4 colheres (sopa) rasas de farinha de trigo
  • 1 colher (café) rasa de fermento em pó
Coloque o ovo na caneca e bata bem com um garfo. Acrescente o óleo, o açúcar, o leite, o chocolate e bata mais. Acrescente a farinha e o fermento e mexa delicadamente até incorporar todos os ingredientes. (Obs: a colher é sempre rasa)
Leve por 3 minutos no microondas na potência máxima.
Você pode servir este bolo quente e com coberturas, caldas, castanhas e sorvete.
3 minutinhos, tão fácil quanto um miojo!
Além dessa receita, no blog tem outros tipos que também são interessantes:
Receitas e fotos do Blog Bebel Carneiro - Culinária Diet Light

Bolo de chocolate de caneca (para 2 pessoas)
Bolo de chocolate de caneca
Ingredientes
  • 2 canecas com capacidade de 150ml
  • 1 gema
  • 6 colheres (sopa) de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de leite
  • 2 colheres (sopa) de chocolate em pó
  • 5 colheres (sopa) de farinha de trigo peneirada
  • 1 colher (café) de fermento químico
  • 1 clara batida em neve
Cobertura
  • Leite condensado misturado com chocolate em pó a gosto.
Modo de fazer
Em uma tigela ponha a gema, o leite condensado, a manteiga, o leite e o chocolate em pó. Bata com batedor de arame vigorosamente por três minutos. Acrescente a farinha de trigo e o fermento, e misture bem. Junte a clara em neve e incorpore à mistura, mexendo com delicadeza. Distribua nas canecas e asse por 25 minutos, a 180 graus em forno convencional pré aquecido. Se preferir, asse-o em forno microonda, apenas 3 minutos em potência máxima bastam. Retire do forno e, enquanto ainda estiver quente, faça alguns furos com um palito e despeje o leite condensado misturado com o chocolate. Decore como quiser.

Bolo de laranja de caneca (para 1 pessoa)
Bolo de Laranja de caneca
Ingredientes
  • 1 ovo
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 4 colheres (sopa) rasas de açúcar
  • 4 colheres (sopa) de suco de laranja
  • 5 colheres (sopa) rasas de farinha de trigo
  • 1 colher (café) de fermento químico
Cobertura
  • 2 colheres (sopa) açúcar de confeiteiro
  • 3 colheres (chá) de suco de laranja
Modo de fazer
Coloque o ovo na caneca e bata com o garfo. Adicione o óleo, o açúcar e o suco de laranja e misture. Agregue a farinha, o fermento e misture até uniformizar. Leve por três minutos ao microondas em potência máxima.
Cobertura:
Junte tudo e cubra o bolo.
Dica: Vale trocar o suco de laranja pelo de limão. Mas, para essa substituição, em vez de 4 colheres (sopa) do sumo da laranja, use 2 colheres (sopa) do limão, pois o sabor é mais acentuado.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Cestinha de Massa Filo

Massa filo... eis o nome de uma das delícias mais finas e curiosas que eu descobri ultimamente! Ela é leve, crocante e com certeza será capaz de agradar tanto em salgados, quanto em doces!
Cestinha de Massa Filo com tomate cereja, morango, manjericão e parma
Cestinha:
  • Massa filo pronta
  • Óleo (ou azeite, ou manteiga)
  • Potinhos para dar forma (ramequinhos de louça são ótimos)
Recheio:
  • Tomate cereja (ou qualquer outro tipo) picado em cubos irregulares
  • Morango fatiado
  • Manjericão fresco
  • Presunto de parma
  • Azeite, sal, pimenta-do-reino e vinagre balsâmico para temperar
Misture todos os ingredientes do recheio (colocando as quantidades de sua preferência) - é importante fazer isso antes para garantir que o morango e o tomate soltarão bastante água antes, para que ma hora de rechear a massa não amoleça.
Abra as folhas de massa filo, unte o ramequinho com um pouco de óleo, disponha uma folha (cortada quadrada para caber no potinho e ficar com as bordas parcialmente para fora), passa novamente o óleo sobre a massa e coloque outra folha (repita isso para até 4 folhas de massa filo sobrepostas, dependendo da espessura desejada para a cestinha). Asse as cestinhas vazias em forno médio-alto até que a massa esteja dourada e crocante.
Forre as cestinhas com uma fatia de parma, preencha com o recheio de tomate (tomando o cuidado de escorrer o líquido do mesmo para não amolecer a cestinha) e decore com mais parma e manjericão.
Uma entrada mais que perfeita!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Stuffing de Macadâmia, Cebola Roxa, Alho-poró e Funcho - Farofa Americana

Essa receita curiosa eu vi em um programa de TV e achei que seria interessante testar. E não é que ficou uma delícia?!
Stuffing de Macadâmia, Cebola Roxa, Alho-poró e Funcho
(foto e receita de Paula Labaki)
Para 4 pessoas:
  • 1/2 pacote de pão de forma integral cortado em cubos pequenos
  • 1/2 pacote de bacon em tiras picado
  • 1 pacote de copa fatiado fino (200 gramas) - não usei (pode ser substituído por presunto de parma)
  • 1 talo (parte branca) de alho-poró fatiado fino
  • 1 cabeça de funcho (erva doce) fatiada fina
  • 2 cebolas roxas médias fatiadas
  • 250 gramas de macadâmia picada grosseiramente
  • 6 dentes de alho picados
  • 1 colher (sopa) manteiga
  • 5 colheres azeite
  • Tomilho e Manjericão frescos a gosto
Coloque os cubos de pão em uma assadeira e leve ao forno 200 graus para dar uma leve torrada, não deixe escurecer (isso é rápido, só uns 5 minutinhos).

Em uma frigideira funda e grande coloque o azeite, a manteiga e o bacon e frite sem deixar ficar seco. Acrescente a copa, o alho-poró, o funcho e a cebola e vá mexendo sempre para que tudo fique bem misturado.
Coloque o alho confitado e a macadâmia, mexa bem, acrescente os cubos de pão torrados e por ultimo já fora do fogo as ervas. Incorpore tudo e está pronto.
O Stuffing pode ser preparado de véspera e pode ser congelado super bem também.
Um acompanhamento bem saboroso e diferente!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Lasagna de peito de peru defumado e mussarela

E como diria o Garfield "Eu nunca encontrei uma lasagna que não gostasse de mim"... não é que é verdade!
Para 4 - 6 pessoas:
  • Uma receita de massa de macarrão caseira para 2 pessoas (veja a receita aqui) para lasagna (ou um pacote de massa pronta para lasagna)
  • Para o molho de tomate
    • 2 colheres (sopa) de azeite
    • 2 dentes de alho picadinhos
    • 1 cebola média picada
    • 3 tomates sem pele em sem sementes, picados em cubinhos
    • uma pitada de açúcar
    • sal e pimenta do reino a gosto
  • Para o molho branco
    • 1 colher (sopa) farta de manteiga
    • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
    • 1 xícara (chá) leite
    • Uma pitada de noz moscada
    • Sal a gosto
  • Para o recheio
    • 250g de mussarela ralada
    • 150g de peito de peru defumado ralado (ou cortado de forma irregular) - ou presunto
Faça o molho de tomate: Adicione em uma frigideira grande o azeite e doure o alho. Adicione a cebola e mecha até ficar transparente. Acrescente o tomate, o açúcar, o sal e a pimenta e prove o tempero. Reserve.
Cozinhe a massa em água fervente e salgada por 3 minutos (ou conforme instruções na embalagem)e escorra.
Para montar a lasagna, pincele o fundo de uma forma refratária com azeite, acrescente uma fina camada de molho de tomate e cubra com a massa.
Coloque metade do peito de peru, um terço da mussarela e metade do restante do molho de tomate e cubra novamente com a massa. Repita novamente a instrução anterior, finalizando com a massa.
Faça o molho branco: Em uma frigideira, deixe a manteiga derreter (sem queimar) e adicione a farinha. Misture bem e junte o leite. Mexa com um fouet até desempelotar e tempere com a noz moscada e o sal.
Coloque o molho branco sobre a última camada de massa e finalize com o restante da mussarela.
Leve ao forno quente para dourar por 20 minutos.
Boa até para quem não gosta de lasagna!

Sopa de letrinhas

Nostalgia total! Essa é a sensação... Não que não tenha sido quentinha e saborosa também, para aquecer desse friozinho de fim de inverno!
O momento mais nostálgico do ano
- sopa de letrinhas -
Para 4 pessoas:
  • 400g de carne em cubinhos (alcatra, filé mingnon, ou outra)
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola média picada
  • 1 cenoura grande em cubinhos
  • 200g de mandioca em cubinhos ou ralada
  • 2 tabletes de caldo de legumes
  • 8-10 xícaras de água (dependendo de quão rala você quer que fique a sopa)
  • 2 tomates maduros sem semente em cubinhos
  • 1-2 xícaras de macarrão em letrinhas (dependendo de quantas letrinhas você quer na sua sopa)
  • 1 colher de chá de farinha de trigo (opcional - para engrossar)
Em uma panela de pressão, coloque o azeite e doure a carne. Depois, adicione o alho e a cebola e cozinhe até ficar transparente. Junte a cenoura, a mandioca, a água e o caldo de legumes, misture tudo e tampe a panela. Deixe cozinhar por 20min (depois que pegar pressão).
Retire do fogo, deixe a pressão sair e abra a panela com cuidado. Adicione o tomate e o macarrão e deixe cozinhar por uns 5 minutos (ou até que a massa esteja no ponto).
Se você quiser um caldo mais grosso, dissolva a farinha em um pouquinho de água e misture na sopa.
Sirva quente.
Ô gostinho bom de infância!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Salada Marguerita

Essa salada nós fizemos para acompanhar a alcatra e ficou uma delícia (até para quem não é tão amante de saladas)!
Salada Caprese* (foto da internet)
Ingredientes - use na proporção que quiser, sem moderação:
  • Tomatinho pêra cortado ao meio (ou tomate cereja)
  • Tomate normal cortado em cubinhos
  • Folhas de manjericão e tomilho
  • Folhas diversas para salada (usamos o alface repolho)
  • Mussarela de búfala em pedaço ou bolinha (grelhada)
  • Azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto para temperar
O tomate pêra é pequeno como o cereja, mas é mais cumprido e doce, o que dá um charme e um sabor todo especial.
Para o preparo da salada, é só misturar todos os ingredientes e temperar a gosto.
Para preparar a mussarela de búfala, corte-a em tiras grossas de 1cm e coloque sob uma grelha para derreter e dourar. Depois é só cortar em pedaços menores e espalhar sobre a salada.
Muito gostosa e fácil de fazer!
* Como não tiramos foto, coloquei essa de uma salada caprese para ilustrar.

Alcatra com Limão e Tomilho

Uma "dilícia"!!! Para quem gosta de uma boa carne, com um sabor diferente do convencional.
Tiras de alcatra com limão e tomilho
Foto e receita de Nigella
Para 2 pessoas (ou 3, que comem menos carne que a turma daqui!):
  • 1 filé de alcatra com 2,5 cm de altura, cerca de 600 grs
  • 5 galhos de tomilho
  • 2 dentes de alho amassados
  • 80 ml de azeite de oliva
  • a casca e o suco de 1/2 limão grande
  • 1/2 colher (chá) de sal e pimenta do reino a gosto
Ponha para esquentar uma grelha ou uma panela de fundo grosso. Ponha um pouco de azeite e doure o alho (essa parte foi por minha conta, pois acho o gosto do alho cru um pouco forte). Tire o alho da frigideira e reserve.
Tire a gordura ao redor da carne. Pincele a carne com óleo para evitar que ela grude na panela ou na grelha. Cozinhe por 3 minutos de cada lado e depois por mais 1 minuto de cada lado para uma carne mal passada (não se preocupe, o limão vai “cozinhá-la” um pouco mais).
Enquanto a carne grelha, coloque as folhinhas de tomilho, o alho reservado, o azeite, a casca e o suco de limão, o sal e a pimenta-do-reino numa vasilha que possa acomodar a carne para a marinada.
Quando a carne estiver pronta, transfira para a marinada e deixe por 4 minutos de cada lado. Remova para uma tábua e corte fatias finas na diagonal.
Essa receita pode ser acompanhada de saladabatata rústica ou frita, cebolas assadas e mais o que sua imaginação permitir.
O que dizer? Muito, muito, muito suculenta!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Torta alemã com brigadeiro

Uma delícia! Acho que é tudo a dizer dessa receita!
Torta Alemã com Brigadeiro
eu sei que a foto não está bonita, mas essa é a primeira que eu tiro!!!
\o/  acho que valeu a intenção
Rende 8 porções individuais ou uma torta média:
  • Um pacote de biscoito maizena
  • Leite (para umidecer o biscoito)
  • 180g de chips de chocolate ou uma barra de chocolate (de preferência meio amargo) em lascas
  • Para o creme branco:
    • 200g de manteiga sem sal
    • 1 xícara (chá) de açúcar
    • 300g de creme de leite sem soro (o fresco é melhor)
  • Para o brigadeiro:
    • 1 lata de leite condensado
    • 2 colheres (sopa) de chocolate em pó
    • 1 colher (sopa) manteiga ou margarina
    • 100g de creme de leite
Misture todos os ingredientes do brigadeiro em uma tigela grande e funda de vidro e leve ao micro ondas por 8 minutos, parando para mexer de 2 em 2 minutos. Reserve. Antes de montar a torta, misture o creme de leite até obter uma consistência firme, porém cremosa.
Em uma batedeira, bata a manteiga com o açúcar até obter um creme esbranquiçado (por 5 a 10 minutos), depois acrescente o creme de leite e bata até obter um creme homogêneo.
Para a montagem da torta, utilize 8 ramequinhos (para porções individuais) ou uma forma de fundo removível (de 15 ou 20 cm).
Forre o fundo e as laterais da(s) forma(s) com o biscoito maizena umidecido no leite, disponha uma camada de creme branco (2cm), uma camada de brigadeiro (1cm) e mais uma de creme branco (1cm a 2 cm). Finalize com uma camada fina de brigadeiro polvilhando por cima chips de chocolate (ou lascas de chocolate).
Cubra a(s) forma(s) com papel filme ou papel alumínio e coloque no freezer por pelo menos 4hs antes de servir ou desenformar.
Deu gostinho de quero mais!

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Pizza

O segredo para uma pizza boa é um: bons ingredientes. Essa é a linha - tênue - entre uma pizza excepcional e uma ruim. Por isso não economize na escolha de um bom molho de tomate e de ingredientes selecionados para o recheio!
Ideias de cobertura:
  • Massa para pizza (veja a receita aqui)
  • Para o molho de tomate
    • 3 colheres (sopa) de azeite
    • 3 dentes de alho picados em lascas bem finas
    • 1 cebola grande picada em cubinhos
    • 3 ou 4 tomates sem pele e sem sementes, cortados em cubinhos
    • 1 punhado de folhas de manjericão rasgadas
    • Sal e pimenta-do-reino moídos na hora
Coloque os ingredientes do molho (na ordem acima) em uma panela (ou frigideira funda), dando um intervalo de 1 minuto entre cada um. Finalize com as folhes de manjericão, corrija o tempero e reserve.
  • Cobertura 1: A preferida
    • Molho de tomate (para cobrir a massa)
    • Mussarela ralada (como base do recheio)
    • Tomate seco (disposto sobre a mussarela ralada)
    • Mussarela de búfala em bolinhas (meia bolinha sobre cada tomate seco, mais algumas lascas espalhadas aleatoriamente)
    • Presunto de parma e manjericão fresco (para finalizar - colocar depois de assada, na hora de servir)
  • Cobertura 2: A melhor
    • Molho de tomate (para cobrir a massa)
    • Mussarela ralada (como base do recheio)
    • Blanquet de peru (ou peito de peru defumado)
    • Geleia de pimenta (para finalizar - colocar depois de assada, na hora de servir) - pura ou conforme dica abaixo:
      • Uma outra opção com a geleia de pimenta é combiná-la, na mesma opção de cobertura, com alho poró. Em uma frigideira coloque uma colher de azeite e adicione um alho poró cortado em rodelas ou em tiras. Misture meia xícara de vinho branco e uma colher (sopa) cheia da geleia de pimenta. Dissolva a geleia e deixe reduzir por uns 2 minutos. Sirva sobre a pizza assada.
  • Cobertura 3: A aromática
    • Molho de tomate (para cobrir a massa)
    • Mussarela ralada (como base do recheio)
    • Calabresa cortada em fatias finas
    • 1 cebola média fatiada em rodelas ou em pétalas
    • Raspa da casca de um limão grande
  • Cobertura 4: A clássica
    • Molho de tomate (bem caprichado)
    • Mussarela de búfala em bolinhas (fatiadas em pedaços maiores), ou mussarela tradicional ralada
    • Tomate italiano em rodelas médias (ou tomate seco)
    • Orégano
    • Pode colocar um pouco de parmesão ou alho ou champignon sobre a cobertura
    • Manjericão fresco (para finalizar - colocar depois de assada, na hora de servir)
    • Servir com azeite aromatizado com alho ou manjericão
Use e abuse da imaginação para combinar ingredientes, sabores e aromas!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Chocolate-hot-pot

Essa é uma receita especial - tanto para esse frio que tem feito, quanto para quem adooora chocolate - e vale a pena fazer, pois é uma delícia (e fácil)!
Chocohotpot
(receita de Nigella Lawson)
Rende 4 ramequinhos de louça (próprios para ir ao forno):
  • 125g de chocolate meio amargo (de boa qualidade - se tiver, use um com 70% de cacau)
  • 125g de manteiga
  • 2 ovos
  • 3/4 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo
Derreta o chocolate com a manteiga no micro ondas, em potência média/baixa por 3 minutos. Misture os ovos com o açúcar e a farinha, e, em seguida, junte à mistura de chocolate.
Coloque em 4 ramequinhos pequenos (preenchendo até a metade) e asse em forno médio/baixo por 15 minutos ou até que a superfície rache.
Ele vai ficar cozido por fora e mole por dentro, como um petit gateau.
Ummmmm...deu até vontade de fazer um agora!!!

sábado, 14 de agosto de 2010

Ravióli de carne

Uma foto, uma vontade... Assim surgiu essa receita... O resultado? Superou em muito as expectativas!
Para 2 pessoas:
  • 200g de massa fresca (ver receita aqui) para ravióli
  • 200g de carne de sol dessalgada, cozida e desfiada (pode ser qualquer outra carne desfiada ou moída - de boa qualidade)
  • 3 colheres (sopa) azeite
  • 2 dentes de alho médios picados finamente
  • 1 pimenta biquinho picada
  • 1 cebola finamente picada
  • 1 tomate picado em cubinhos
  • salsinha, cebolinha e tomilho (um punhado de cada), com as folhas aparadas e picadas
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • azeite e cheiro verde para servir
Prepare a massa segundo a receita e deixe descansar. Enquanto isso coloque em uma frigideira funda as 3 col de azeite, o alho e a pimenta e deixe amolecer. Adicione a cebola e a cebolinha e frite por 1 minutinho. Coloque o tomate e deixe amolecer. Por ultimo misture a carne, a salsinha e o tomilho e cozinhe por 2 minutinhos. Corrija o tempero e reserve.
Em uma panela funda, coloque agua salgada suficiente, para ferver. Enquanto isso, abra a massa do ravióli, recheie com a carne e feche segundo a receita.
Cozinhe os raviolis em agua fervente por 3 minutos, escorra a sirva salpicando azeite e cheiro verde.
Muito bom!!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Hamburguer

Esse é um lanche campeão! Já fizemos várias vezes e sempre é um sucesso (e garanto que será muito melhor do que sair para comer hamburguer em qualquer lanchonete)!
Hamburguer
(imagem ilustrativa)
Para 4 pessoas normais (ou duas bem gulosas):
  • 4 pães de hamburguer (com ou sem gergelim)
  • azeite para grelhar
  • 800g de carne de boi moída (maminha, patinho ou picanha - ou qualquer outro corte que agrade)
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • temperos opcionais: tomilho fresco (sempre colocamos), alecrim fresco, pimenta calabresa, cebola, cominho, raspas de limão, pistache, damasco, nozes - não misture todos esses ingredientes, apenas selecione um ou dois sabores afins para "brincar" com o sabor da carne (ex: pistache, cominho e limão, pimenta, alecrim, tomilho - puro ou com as raspas de limão, damasco e nozes - para um sabor mais adocicado) e não coloque muita quantidade para não mascarar o sabor do hamburguer (que deve ser de carne quase pura)
  • acompanhamentos opcionais: tomate, cebola, alface, queijo (mussarela, prato, cheddar, catupiry, etc), bacon
  • molhos: ketchup, mostarda, barbecue, maionese, rose ou outros mais elaborados, como aioli, honey mustard, de blue cheese - dependendo de sua preferência.
  • acompanhamentos do hamburguer: batata frita, onion rings, uma juliana de legumes ou uma salada
Para fazer os bifes de hamburguer, misture o sal, a pimenta-do-reino e os temperos escolhidos à carne moída. Divida a carne em 4 porções (cada porção terá em torno de 200g, mas podem ser feitos hambugueres menores) e modele os hamburgueres, de acordo com o diâmetro do pão, fazendo uma bola com a carne e achatando com a palma das mãos, de forma a criar o formato de um disco grosso (uns 2 cm de espessura - dependendo do tamanho do pão).
Grelhe os hamburgueres em uma frigideira anti-aderente com um pouco de azeite. Caso queira, antes de tirar os bifes da frigideira coloque sobre eles o queijo (para que derreta um pouco), o bacon dourado e a cebola.
Diversão e delícia!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Torta ganache de Limão e Chocolate

Essa receita é campeã!! Para os apaixonados por doce - como eu - essa é de comer ajoelhado! Ela foi tirada do site Chocolatria e faz parte do arsenal de gostosuras de lá! Aproveite muito!!!
Torta ganache de Limão e Chocolate
- com sementes de papoula e frutas diversas -
(foto do blog Chocolatria.com)
Ingredientes da base:
  • 300 g de biscoito amanteigado de chocolate, triturado
  • Cerca de 80 g de manteiga derretida (se o biscoito não for muito amanteigado provavelmente você utilizará cerca de 100 g de manteiga)
Misture o biscoito triturado e a manteiga derretida até obter uma farofa úmida. Prense esta farofa em uma fôrma de fundo removível, formando fundo e beirada. Leve à geladeira até que a massa fique durinha e unificada.

Ingredientes da ganache de limão:
  • 200 g de chocolate branco
  • 100 ml de creme de leite
  • raspas de 1 limão siciliano – ou o que tiver em mãos
  • suco de meio limão siciliano – ou a gosto
Derreta o chocolate no microondas em potência média – por cerca de 2 minutos – ou em banho-maria . Adicione o creme de leite e misture vigorosamente com um fouet e espátula. Acrescente o suco e as raspas de limão. Reserve.

Ingredientes da ganache de chocolate meio-amargo:
  • 200 g de chocolate meio amargo
  • 100 ml de creme de leite
  • 1 colher de conhaque – opcional
Derreta o chocolate no microondas em potência média – por cerca de 2 minutos – ou em banho-maria. Adicione o creme de leite e misture vigorosamente com um fouet e espátula. Reserve.

Montagem da torta: Sobre a massa de biscoito preparada previamente, despeje colheradas gordas do recheio branco, alternando com o recheio escuro, lado a lado. Não é preciso ser metódico na distribuição do recheio. Com o auxílio de uma faquinha de ponta, comece a fazer rabiscos aleatórios superficiais, isto é, não é preciso afundar demasiadamente a faquinha no recheio. Se obter um desenho que a satisfaça, pare neste exato momento (dicas da dona da receita!)
Perfeita! Perfeita! Perfeita!

Bolo de laranja

Esse é um dos melhores bolos que já comi! Sem chocolate, sem confeitos, simples e divino! Vale a pena comer todos os dias!
Para uma forma de furo central média:
  • 1 laranja-pêra lavada
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 3 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 2 xícaras (chá) de farinha
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Para a cobertura - opcional:
    • 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
    • suco de 1 limão
Corte a laranja em 4, no sentido do comprimento, retire a parte branca central e as sementes, mantendo a casca. Corte-a em pedaços menores e bata no liquidificador com o óleo e os ovos. Transfira para um recipiente e acrescente o açúcar, a farinha e o fermento.
Coloque a mistura em uma forma de furo central untada e enfarinhada e leve ao forno na temperatura baixa por aproximadamente 30 minutos ou até estar assado e levemente dourado.
Prepare a cobertura misturando o suco de limão ao açúcar até ficar cremoso.
Retire do forno, desenforme e espalhe a cobertura por cima.
Fantástico!!!

Pasta al lemon

Essa é uma receita é simples e tem um sabor tão leve, refrescante e maravilhoso que é impossível fazer uma vez só!
Para 4 pessoas:
  • 1 limão grande
  • 1 colher (sopa) de azeite ou manteiga
  • 500g de farfalle
  • 500ml de creme de leite fresco (ou requeijão cremoso)
  • 150g de parmesão ralado (reserve 50g para polvilhar na hora de servir)
  • 300g de peito de peru defumado cortado em cubinhos (ou presunto cozido sem gordura)
  • sal a gosto
Cozinhe o farfalle em uma panela com água salgada fervente conforme as instruções da embalagem.
Enquanto isso, rale a casca do limão e reserve. Refogue no azeite (ou manteiga) os cubos de peru sem deixar tostar. Acrescente o creme de leite, o parmesão e as raspas de limão. Deixe cozinhar em fogo brando, mexendo sempre, até que o queijo esteja completamente derretido. Corrija o tempero.
Escorra o macarrão e sirva com molho pro cima.
Delicioso!

Casquinha de siri

Se tem uma coisa que eu gosto é a tal da casquinha de siri. A mais perfeita é a do Espírito Santo servida com uma farinha amarela crocante por cima (que um dia ainda vou descobrir a receita). Mas enquanto em Minas não tem a tal da farinha, segue a receita de uma casquinha bem especial!
Para 6 pessoas:
  • 2 tomates picados
  • 2 cebolas picadas
  • 1 pimentão médio picado
  • 2 colheres (sopa) de coentro picado
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
  • 1 colher (sopa) de salsa picada
  • Suco de 1 limão
  • 500g de carne de siri limpa e desfiada
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 1 xícara (chá) leite de coco
  • 1 colher (chá) de sal
Amasse os temperos (tomate, cebola, pimentão, coentro, cebolinha, salsa e suci de limão) em um pilão e divida em duas partes. Coloque o siri em uma panela com metade dos temperos, o azeite e o leite de coco. Quando começar a ferver adicione a outra metade dos temperos. Acrescente o sal, misture e deixe ferver por mais 5 minutos em fogo alto. Coloque o recheio nas casquinhas e sirva quente com limão.
Muito boa e fácil!

Curry hot dog com molho de tomate seco


Essa receita eu peguei no Chocolatria e foi um sucesso para o lanche! Ah!!! E vale muito a pena visitar o blog por completo pois ele é delicioso!!!
Curry hot dog com molho de tomate seco
(foto do blog Chocolatria.com)

Para 10-15 pãezinhos:
  • 250g de farinha de trigo e cerca de 100g para dar o ponto
  • 5g de fermento biológico seco instantâneo
  • 2 colheres de açúcar
  • 180 ml de leite morno
  • 60 ml de óleo
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 1 ovo médio
  • 3 colheres (chá) de curry ou a gosto
  • 1 ovo batido para pincelar
  • Gergelim preto para salpicar
  • Para o recheio:
    • 10-15 mini salsichas
    • Cerca de 150g de tomates secos processados - bata e adicione um pouco de água (cerca de 3 colheres) para proporcionar cremosidade
Etapas do preparo da receita
(foto do blog Chocolatria.com)
Em uma tigela junte: fermento biológico, açúcar, ovos, leite e óleo. Misture bem. Aos poucos adicione os 250g de farinha de trigo e misture. A massa estará pegajosa ainda. Com os outros 100g de farinha de trigo vá dando o ponto até que grude menos nas mãos. A quantidade de farinha irá depender da umidade dela. Sove por uns 5-8 minutos.
Cubra com filme plástico (ou pano) e deixe crescer até dobrar de tamanho (45-60 minutos).
Divida a massa em pequenas bolinhas e achate com a palma da mão. Coloque uma porção do molho de tomate seco no centro e uma salsicha por cima. Feche a massa formando um pãozinho e deixe crescer até que dobre de tamanho sobre a assadeira/fôrma untada.
Pincele com o ovo batido e polvilhe o gergelim.
Pré-aqueça o forno em 220ºC, asse nessa temperatura por 10 minutos, depois abaixe para 180ºC e asse por mais 15-20 minutos.
Esse é a certeza de um lanchinho bem gostoso!

Batata recheada com bacon e queijo

Essa batata é um ótimo acompanhamento. Muito boa e fácil de fazer!
Batata recheada com bacon e queijo
(foto do livro Cooking - Segredos e Receitas)
Para 4 pessoas:
  • 4 batatas grandes, lavadas e escovadas
  • 200g de bacon fatiado
  • 2 cebolas pequenas (ou uma grande) finamente picadas
  • 25g de manteiga
  • 100ml de leite
  • 75g de queijo ralado (mussarela ou cheddar)
  • sal e pimanta-do-reino moídos na hora
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada
Preaqueça o forno a 200ºC. Perfure as batatas com um garfo, leve-as ao forno e deixe assar por 45 minutos ou até estarem macias. Retire-as do forno e abaixe a temperatura para 180ºC.
Enquanto isso, aqueça uma frigideira e frite as fatias de bacon por 2 ou 3 minutos, acrescente a cebola e frite por mais 1 minuto.
Corte a tampa de 1/3 da batata horizontalmente. Com uma colher, retire a polpa da batata e coloque-a em uma tigela. Reserve as batatas ocas, colocando-as em uma assadeira untada.
Esmague a polpa com um garfo. Junte a manteiga, o leite e bata até obter um purê macio. Adicione o queijo ralado e o bacon com a cebola e tempere a gosto.
Com uma colher, devolva a mistura às cascas das batatas e asse-as por 20 a 25 minutos até a superfície estar dourada. Salpique com a salsa e sirva ainda quente.
Muito boa! Uma forma diferente e saborosa de servir purê de batatas.

Carré de cordeiro com molho de cassis

Perfeito! Essa é uma palavra que descreve bem esse prato. Ideal para quem gosta do sabor doce junto com salgado.
Para 4 pessoas:
  • 1kg de carré de cordeiro limpo e cortado de 2 em 2 costelas
  • para temperar a carne:
    • sal, pimenta-do-reino
    • mostarda em grão socada
    • caldo de limão
    • azeite
    • ramos de alecrim inteiros
  • para o molho:
    • 1 colher (sopa) de azeite
    • 3 colheres de sopa cheias de geléia de cassis (com a fruta)
    • 2 conchas de caldo de carne (para dissolver)
    • 2 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
    • 2 colheres (sopa) de hortelã picada.
Adicione os temperos à carne limpa e deixe marinar por uns 30 minutos. Disponha os pedaços de carré com a carne voltada para cima em um tabuleiro e coloque os ramos de alecrim sobre eles. Asse em forno médio por 30 minutos ou até que esteja no ponto desejado.
Retire do forno e descarte os ramos de alecrim. Retire as costeletas do tabuleiro e acomode em outro recipiente, cobrindo com papel alumínio.
Leve o mesmo tabuleiro em que foi assado o carré ao fogo (não é necessário limpar), adicione o azeite e refogue a cebolinha por 2 minutos. Adicione a geléia e o caldo de carne, mexendo bem até dissolver completamente a geléia e ferver o líquido. Cozinhe por mais um minuto e adicione a hortelã.
Sirva o cordeiro acompanhado do molho e de batatas rústicas (veja a receita aqui).
Absurdamente bom! De render comentários!!!

Truta defumada gratinada

Adoro peixe, e acho que esse prato é bem interessante para peixes defumados como o salmão e a truta. Muito bom!
Truta defumada gratinada
(foto do livro Culinária de todas as cores - 200 Receitas rápidas e saborosas)
Para 4 pessoas:
  • 4 tomates maduros picados
  • 250g de truta defumada sem espinho e sem pele cortada em tiras
  • 400g de salmão defumado sem pele cortado em tiras
  • 75g de queijo mussarela ralado (pode ser o gruyère ou emmental)
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha picada
  • 200ml de creme de leite fresco
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
Arrume os tomates no fundo de uma travessa refratária e acomode as tiras de peixe sobre ele. Salpique com os queijos e a cebolinha. Cubra com creme de leite e leve ao forno a 220ºC por 20 minutos ou até que o queijo esteja bem derretido e o gratinado, borbulhando.
Variação: substitua os peixes por 450g de bacalhau dessalgado e 250g de camarão sem casca pré-cozido. Utilize 25g de salsinha em vez de cebolinha.
Fácil e muito saboroso!!!

Steak au poivre

Esse prato é tão famoso e cobiçado que seu preparo pode até parecer algo de outro mundo (vide pelos preços dos pratos nos restaurantes), mas definitivamente não é! Seu preparo, diga-se de passagem, é até bem fácil e divertido, eu diria, principalmente na hora da flambagem. Muito bom mesmo!!!
Steak au poivre
(foto do livro Cooking - Segredos e Receitas)
Para 4 pessoas:
  • Um miolo de filé mignon limpo, cortado em medalhões de 2 dedos de espessura
  • óleo de oliva (ou manteiga)
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • 1 dose de conhaque
  • 1 lata de creme de leite
  • 2 colheres (sopa) de pimenta verde (ou a gosto)
Tempere os filés com sal e pimenta a gosto e grelhe no azeite por 2 minutos de cada lado (se quiser mais bem passado deixe mais tempo). Reserve em local aquecido.
Na mesma frigideira em que foram grelhados os filés, adicione mais uma borrifada de óleo de oliva e as pimentas verdes. Adicione o conhaque e flambe até que todo o álcool tenha evaporado. Misture o creme de leite, corrija o tempero e retire do fogo assim que encorpar um pouco. Sirva sobre os filés.
Simples e sublime!

Lula frita com limão e pangrattato

Confesso que nossa lula não ficou como deveria (ou como mostra a receita) e confesso também que tenho um certo pavor em comer "coisas" com tentáculos (como lula e polvo), mas venci esse medo e comi (só o corpo - os tentáculos foram todos para o namorado que não tem essas frescuras). Foi bom!
Lula frita com limão e pangrattato
(foto do livro A Itália da Jamie, de Jamie Oliver)
Para 4 pessoas (de entrada) (receita do livro "A Itália da Jamie", de Jamie Oliver)
  • óleo de oliva
  • 1 pimenta fresca perfurada (não tinhamos e usamos molho tabasco)
  • 6 dentes de alho descascados e ligeiramente amassados
  • 2 punhados grandes de migalhas de pão amanhecido
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • 4 lulas, aparadas e lavadas (limpas e com os tentáculos e asas inteiros)
  • 1/2 limão fatiado bem finamente
  • 1 punhado de folhas de salsa picadas
Aqueça 6 colheres de óleo de oliva em uma panela de fundo grosso. Adicione a pimenta vermelha, o alho e as migalhas de pão e misture por 2 minutos ou até ficar crocante e dourado. Tempere e deixe escorrer em papel toalha. (esse é o pangrattato e pode ser usado sobre massas e risotos também, substituindo o queijo)
Limpe a panela com um papel toalha e coloque-a de volta ao fogo, adicionando uma boa borrifada de óleo. Tempere cuidadosamente a lula com sal e pimenta-do-reino e coloque os pedaços cuidadosamente na panela quente com as fatias de limão (cuidado nessa hora - acho que foi ai que nossa receita não deu muito certo - coloque pouco a pouco, pode ser que seja necessário separar e fritar metade e metade - não deixe a panela muito cheia se não dá agua e compromete tudo - a lula e os limões devem ficar fritos e secos). Frite por cerca de 1 minuto até dourar, depois vire e frite pelo mesmo tempo do outro lado. Os limões douram mais rapidamente, por isso vire-os mais cedo e tire-os da panela e reserve assim que ficarem prontos.
Sirva polvilhando com as migalhas tostadas e a salsa.
Boa receita!

Peixe assado com alecrim e bacon

Mais uma receita da praia que rendeu bons "Ummmmmm" deliciosos à mesa! Vale a pena fazer também, até pelas batatas!
Peixe assado com alecrim e bacon
(foto do livro A Itália da Jamie, de Jamie Oliver)
Para 2 pessoas (receita do livro "A Itália de Jamie", de Jamie Oliver):
  • 4 batatas médias com casca cortadas em rodelas de 1 cm de espessura
  • óleo de oliva
  • 1 punhado de folhas de alecrim fresco
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • 1 peixe branco para assar (usamos anchova, na receita pede linguado)
  • suco de 1 limão
  • para a cobertura: 2 fatias de bacon picados e 2 ramos de alecrim fresco (ou 10 tomates cereja sem sementes picados grosseiramente e folhas rasgadas de 2 ramos de manjericão fresco - outra opção de cobertura sugerida no livro)
Preaqueça o forno à temperatura de 200ºC e pegue uma assadeira grande o suficiente para dispor o peixe inteiro.
Misture as fatias de batata com um pouco de óleo de oliva, o alecrim, sal e pimenta-do-reino e espalhe-as uniformemente, em uma camada, na assadeira. Cubra bem a assadeira com uma camada dupla de papel alumínio e asse em forno preaquecido por 20 minutos. Remova o papel alumínio asse por mais 10 minutos até que as batatas fiquem ligeiramente coradas.
Pincele o peixe com óleo de oliva e tempere-o levemente com sal e pimenta. Retire a assadeira do forno e acomode o peixe por cima das batatas quentes. Pegue os ingredientes da cobertura escolhida e espalhe-os por cima do peixe. Regue com um pouco de óleo de oliva e asse no forno por 15 ou 20 minutos (ou até que o peixe esteja cozido e levemente dourado).
Sirva com limão e salada.
Muito, muito, muito bom mesmo!!!

Espaguete à trapanese

Só uma coisa: foi muito bom!
Espaguete à trapanese
(foto do livro A Itália da Jamie, de Jamie Oliver)
Para 2 pessoas (receita do livro "A Itália de Jamie", de Jamie Oliver):
  • 250g de espaguete seco
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • 75g de amêndoas, tostadas e moídas grosseiramente
  • 1 dente pequeno de alho
  • 2 punhados grandes de folhas de manjericão
  • 75g de queijo parmesão ralado bem fino na hora
  • óleo de oliva extravirgem
  • 300g de tomates cortados ao meio (pode ser aqueles sem pele italianos enlatados)
Cozinhe o espaguete em uma panela com água salgada fervente conforme as instruções da embalagem.
Soque o alho e o manjericão separadamente e misture com as amêndoas, adicionando o parmesão, um bom fio de óleo de oliva e um pouco de sal e pimenta-do-reino. Acrescente os tomates e, com as mãos, esmague-os dentro da mistura de amêndoas até que fiquem completamente desmanchados. Dilua com um pouco de óleo de oliva, misture com a massa quente escorrida e confira o tempero.
Bom, bem bom...

Espaguete com camarão

Essa receita abrilhantou um jantar bem rápido na praia (adoro a conveniência de ter camarões e peixe fresco à mão). Foi uma surpresa bem agradável!
Espaguete com camarão
(foto do livro A Itália da Jamie, de Jamie Oliver)
Para 2 pessoas:
  • 250g de espaguete seco
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • óleo de oliva extravirgem
  • 1 dente de alho, descascado e picado finamente
  • uma pitada de pimenta seca (chilli ou calabresa)
  • 200g de camarões descascados
  • 1 taça pequena de vinho branco
  • 2 colheres cheias de extrato de tomate (na receita original, do livro "a Itália de Jamie", de Jamie Oliver, pede purê de tomate seco ou 6 tomates secos processados no liquidificador)
  • Raspas da casca e suco de 1/2 limão siciliano
  • 1 punhado de rúcula (opcional) - não colocamos porque não tinha
Cozinhe o espaguete em uma panela com água salgada fervente conforme as instruções da embalagem. Enquanto isso, aqueça 2 generosos fios de azeite em uma frigideira larga e misture o alho e a pimenta vermelha. Assim que o alho começar a dourar, acrescente os camarões e salteie-os por 1 minuto. Adicione o vinho branco e o molhe de tomate e cozinhe em fogo brando por 2 minutos.
Quando a massa estiver pronta, escorra e reserve um pouco da água do cozimento, Misture o espaguete com o molho, esprema o suco de limão e, se for colocar rúcula, acrescente metade da quantidade picada.
Coloque um pouco da água do cozimento para obter um molho mais leve e acerte o tempero. Sirva polvilhando com as raspas de limão e o restante da rúcula.
Muito bom e suave!

Spaghetti Tetrazzini - Espaguete com frango e cogumelos

Essa foi uma receita bem saborosa que fizemos e que é um toque bem especial para uma massa com frango. Caprichosa!
Spaghetti Tetrazzini
(foto do livro A Itália da Jamie, de Jamie Oliver)
Para 4 pessoas (receita do livro "A Itália de Jamie", de Jamie Oliver):
  • 20g de cogumelos porcini secos
  • óleo de oliva
  • 4 coxas de frango, desossadas, sem pele e cortadas em pedaços pequenos
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • 2 dentes de alho, descascados e fatiados finamente
  • 350g de cogumelos frescos diversos, lavados e rasgados (ou em conserva)
  • 200ml de vinho branco
  • 450g de espaguete seco
  • 500ml de creme de leite integral
  • 200g de queijo parmesão ralado
  • folhas de um ramo de majericão fresco
Preaqueça o forno à temperatura de 200ºC. Coloque os cogumelos porcini em uma tigela, despeje água fervente suficiente para cobri-los (150ml, aproximadamente) e reserve por alguns minutos para que eles fiquem encharcados.
Aqueça uma panela grande o suficiente para acomodar todos os ingredientes e despeje uma borrifada de óleo de oliva. Tempero os pedaços de frango com sal e pimenta e doure-os cuidadosamente no óleo.
Escorra os porcini, reservando a água, e coloque-os na panela com o alho e os cogumelos frescos. Junte o vinho à água dos porcini, adicione à panela e abaixe o fogo. Cozinhe até os pedaços de frango ficarem uniformemente cozidos e o vinho ter reduzido à metade.
Enquanto isso, cozinhe o espaguete em água salgada (conforme instruções do pacote) e escorra. Adicione o creme de leite à panela do frango e desligue o fogo assim que ferver. Tempere com sal e pimenta, acrescente o espaguete e misture bem. Adicione 3/4 do parmesão e o majericão e mexa bem.
Transfira para uma assadeira refratária, polvilhe com metade do parmesão restante e leve ao forno até ficar dourado e borbulhante. Regue com óleo de oliva e polvilhe o restante do queijo antes e servir.
Muito bom, até para quem não é muito fã de cogumelos (como eu!)

Bruschette e crostini

Essa receita é a combinação campeã para as entradas. Independente do prato principal ela é perfeita para abrir qualquer refeição. Além disso, é tão simples de fazer e tão deliciosa que agrada a gregos e troianos!
  • Pão italiano cortado em fatias
  • 2 tomates pequenos (para cada fatia de pão de um palmo)
  • 1 dente de alho pequeno (para cada fatia de pão de um palmo)
  • um ramo de manjericão fresco com as folhas aparadas (para cada fatia de pão de um palmo)
  • azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto
Esfregue um dente de alho em uma faria de pão italiano (cuidado para não esfregar muito, se não ficará muito forte) e leve-o ao forno para dourar.
Pique o tomate (sem pele e sem semente), o dente de alho e rasgue as folhas de manjericão, misturando tudo, e tempere a gosto, regando com um pouco de azeite.
Quando o pão estiver tostado, cubra com a mistura de tomate e temperos e sirva.
Maravilhoso de tão simples!

Carbonara de Abobrinha

Essa receita fiz um dia para minha família e, sinceramente, foi um arraso!
Lindo Carbonara de Abobrinha
(foto do livro Jamie em Casa, de Jamie Oliver)
Para 4 pessoas:
  • 6 abobrinhas médias
  • 500g de massa (usei tagliatelle fresco, mas na receita original do livro "jamie em casa", de Jamie Oliver, pede penne)
  • 4 gemas de ovos (caipiras de preferência)
  • 100ml de creme de leite integral
  • 2 bons punhados de parmesão
  • óleo de oliva
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
  • 12 fatias grossas de bacon
  • um punhado pequeno de tomilho
Coloque água salgada para ferver para cozinhar o macarrão (para a massa fresca, cozinhe por 2 minutos, para a seca, siga as instruções da embalagem).
Para o preparo das abobrinhas, corte-as de comprido, ao meio e em quatro. Descarte as partes moles do centro e fatie-as em ângulo.
Para o preparo do molho carbonara, coloque as gemas de ovo em uma tigela, adicione o creme de leite e metade do parmesão, e misture tudo com um garfo. Tempere levemente e reserve.
Aqueça uma frigideira bem larga, adicione uma borrifada de óleo de oliva e frite o bacon até que fique crocante. Acrescente as fatias de abobrinha e duas pitadas grandes de pimenta-do-reino. Acrescente as folhas de tomilho e misture tudo, fritando as abobrinhas até que elas fiquem ligeiramente douradas e amolecidas.
Agora é muito importante trabalhar rapidamente e com cuidado, para não arruinar o carbonara! Quando a massa estiver cozida escorra e reserve um pouco da água do cozimento. Imediatamente misture a massa na frigideira com as abobrinhas, o bacon e os temperos, depois retire do fogo e acrescente uma concha da água do cozimento reservada e o molho cremoso. Misture rapidamente. (não leve ao fogo novamente se não vira ovos mexidos!)
Polvilhe o restante do parmesão e adicione um pouco mais da água do cozimento para o molho ficar sedoso e brilhante, prove para checar o tempero e sirva imediatamente!
Delicioso!!!

Aspargos crocantes com ovos quentes

Se eu pudesse definir essa receita com uma palavra seria "inusitada". Com certeza, ter ingredientes bons e frescos pode influenciar bastante o resultado final (como aspargos frescos, e não em conserva, e ovos caipiras, e não os industriais brancos), mas acho que esse prato deve ser feito um dia como uma boa entrada que valerá a pena!
Aspargos crocantes com ovos quentes
(foto do livro Jamie em Casa, de Jamie Oliver)
Para 2 pessoas:
  • 6 brotos de arpargo
  • 6 tiras de bacon
  • azeite
  • 2 ovos
  • sal e pimenta-do-reino moídos na hora
Preaqueça o forno a 220ºC. Enrole o bacon ao redor dos brotos de aspargo, deixando as pontinhas para fora, e acomode-os em uma assadeira. Regue com um pouco de azeite e asse por 10 minutos ou até que o bacon fique crocante.
Enquanto os aspargos assam, prepare os ovos. Coloque-os em água salgada e morna por 5 minutos (na receita original do livro "jamie em casa" de Jamie Oliver ele fala para colocar os ovos em água fervente, mas aqui em casa quando coloquei na água fervente a casca estourou).
Sirva os ovos com a tampa quebrada em taças individuais e mergulhe os aspargos crocantes na gema mole, temperando com sal e pimenta a gosto.
Bem bão, como se diz em minas!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Receita básica de Pães e Pizza

Fazer seu próprio pão ou pizza em casa realmente fazem toda a diferença! Assim como a massa de macarrão caseira, essa receita básica pode originar uma infinidade de variações que por sua vez darão origem a uma vasta gama de pães e pizzas. Vale a pena fazer em casa! Mas uma dica, cuidado com a qualidade do seu fermento e do seu forno, se não o resultado pode não ser tão bom...
  • 30g de fermento fresco ou 21g de fermento seco (de boa qualidade, dependendo do fermento será necessário aumentar essa quantidade para até 100g)
  • 30g de mel (ou açúcar)
  • 600ml de água morna
  • 500g de farinha de trigo forte e 500g de semolina (ou 1kg de farinha de trigo comum, caso você não tenha acesso a essas variações)
  • 30g de sal
  • um pouco de farinha extra para polvilhar
Como no livro do Jamie Oliver (O Chef sem mistérios), vou dividir o modo de preparo em etapas numeradas:
  1. Dissolva o fermento e o mel em metade da água
  2. Na maior superfície limpa disponível faça um monte com as farinhas e o sal e, com a mão, faça um buraco no centro
  3. Despeje a mistura de fermento dissolvido no centro e vá misturando, trazendo lentamente os ingredientes para dentro da mistura líquida. Então, despeje o resto da água no centro e incorpore gradualmente toda a farinha até obter uma massa umidecida (algumas farinhas pedem mais água, outras menos, fique atento a isso para não fazer uma massa nem muito dura, nem muito mole)
  4. Sove por uns 5 minutos até a massa ficar lisa, homogênea e bem elástica, sem grudar na mão.
  5. Passe farinha pelas mãos e polvilhe o topo da massa, deixando-a no formato circular. Acomode-a em uma assadeira e deixe que a massa cresça até que dobre de tamanho.
  6. Nesta hora, pré-aqueça o forno enquanto a massa descança em um lugar morno, úmido e longe de correntes de ar. O crescimento demora de 40 minutos a 1 hora e meia.
  7. Quanto a massa dobrar de tamanho, volte a sová-la por mais 1 minuto, retirando todo o ar de seu interior.
  8. Modele a massa no formato que você quiser, acomodando-a em uma assadeira (dependendo do tipo de pão e da receita que você está fazendo) e deixe ela crescer novamente em um local morno até dobrar de tamanho.
  9. Na hora de assar, não bata no pão (é necessário ter ar dentro dele). Coloque a assadeira com cuidado no forno e deixe assar pelo tempo indicado na receita. Para saber quando ele está bom, dê uma batidinha em sua base e veja se o som que sai é oco (nesse momento ele já estará cozido), se não volte-o ao forno rapidamente por mais alguns minutos.
  10. Acomode os pães em uma estante e deixe esfriar
Algumas receitas que eu já testei:
  • Focaccia
    • Siga a receita básica até a etapa 8, então divida a massa ao meio ou em 4 partes. Enrole e pressione os pedaços com os dedos para que eles fiquem em formato oval com uma espessura de 1,5cm.
    • Acomode os pedaços em uma assadeira enfarinhada, cubra-o com uma cobertura de sua preferência e faça furos com os dedos, afundando a massa e o recheio
    • Depois de uns 45 minutos a massa já deverá estar com uma espessura de 3cm, então, na etapa 9, asse a massa por cerca de 15 minutos na temperatura mais alta do forno.
    • Assim que tiver pronta, salpique com sal marinho e azeite e delicie-se!
  • Dicas de recheio para a focaccia
    • Cobertura de manjericão e óleo de oliva
      • 1 dente de alho picado
      • 1 ramo de majericão
      • óleo de oliva (o triplo da porção de alho e manjericão)
      • um pouco de suco de limão
      • sal e pimenta-do-reino
      • 1 pimenta vermelha esmigalhada (se você gostar)
    • Cobertura de Cebola
      • Óleo de oliva
      • 1 dente de alho picado bem fino
      • 1 punhado de folhas de tomilho
      • 3 cebolas roxas médias fatiadas finamente
      • 1 pitada de sal
      • Coloque os 3 primeiros ingredientes em uma frigideira e quando estiverem dourados acrescente a cebola. Deixe caramelas por 4 minutos e em seguida acrescente 3 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto (ou balsâmico) e deixe cozinhar por mais 4 minutos. Misture mais um pouco de azeite e tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto.
        Focaccia
        (foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
  • Ciabatta
    • Siga a receita básica adicionando 6 colheres (sopa) de óleo de oliva na etapa 8.
    • Divida a massa em 3 partes iguais e, usando as duas mãos, enrole cada parte dando o formato de uma salsicha de 25cm.
    • Utilizando a base da mão, pressione toda a extensão da massa para alargá-la até obter as dimensões 30cm x 10cm x 2,5cm.
    • Acomode a massa em uma assadeira generosamente enfarinhada, salpique com farinha e faça alguns talhos diagonais na superfície.
    • Deixe a massa crescer por 45 minutos e asse por 25 minutos a 225ºC
  • Pizza
    • Prepare a cobertura escolhida conforme sua preferência
    • Siga a receita básica até a etapa 8, adicionando 4 colheres de azeite na etapa 1, então divida a massa em 4 partes iguais.
    • Enrole cada pedaço em formato de bola e abra a massa sobre uma superfície enfarinhada com um rolo ou com a mão
    • Deixe a massa com 0,75 cm de altura
    • Acomode em uma assadeira levemente untada (ou em uma folha de alumínio) e acrescente as coberturas
    • Deixe crescer por penas 10 minutos e asse por cerca de 10 minutos a 240ºC até que a massa esteja crocante e dourada e a cobertura cozida
    • Coma o mais rápido possível
    • Dependendo do seu forno, pode ser melhor pré-assar os discos de pizza antes de colocar a cobertura para garantir que o centro da massa não fique cru. Para tanto, coloque os discos sem o recheio por 5 minutos no forno. Para guardar os discos prontos, repita esse procedimento (pré-assando a massa) e congele os discos. Quando for utilizá-los, basta cobrí-los com o recheio e levá-los ao forno conforme especificado assima
Vale muito fazer essas receitas!

Bife de porco com tomilho, limão e pesto

A receita origina do Jamie Oliver pede costeletas de porco, entretanto, como o que eu tinha eram bifes de lombo, fiz com eles mesmo e ficou ótimo! O limão quebra a gordura da carne de porco e o tomilho com o pesto dão um toque bem aromático (uma dádiva das ervas).
Bife de porco com tomilho, limão e pesto
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Para 4 pessoas:
  • 1 punhado de tomilho
  • sal e pimenta-do-reino
  • 1 dente de alho
  • raspa da casca e suco de 1 limão
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 4 peças de bife de porco (ou costeletas duplas de lombo)
  • 1 receita de pesto: 1/4 de dente de alho picado, 3 bons punhados de manjericão fresco, 1 punhado de nozes, castanhas ou pinólis, 1 bom punhado de parmesão ralado, azeite, sal, pimenta-do-reino e um pouco de suco de limão (soque o alho com as ervas e a castanha e depois misture gentilmente os outros ingredientes, temperando a gosto).
Soque o tomilho com 1 colher (chá) de sal em um almofariz, e depois adicione o alho e 1 colher (chá) de pimenta-do-reino e soque novamente. Misture as raspas e o suco de limão e o azeite à mistura e distribua sobre a carne, deixando descansar por cerca de 10 minutos.
Grelhe os bifes sobre uma chapa bem quente (tomando cuidado para não passarem do ponto). Esse procedimento leva no máximo uns 8 minutos, mais que isso a carne pode ficar ressecada.
Deixe os bifes descansarem por alguns minutos e depois espalhe o pesto sobre eles.
Muito bom para quem quer uma boa receita com carne de porco!

Ravióli com parma, tomates secos, manjericão e mussarela de búfala

Esse é um daqueles pratos que são uma combinação que ficará obviamente maravilhosa (e óbvia) mas que sempre te surpreendem já na primeira garfada! Amo!!!
Ravióli com parma, tomates secos, manjericão e mussarela de búfala
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Para 4 pessoas:
  • 1 punhado de queijo parmesão ralado bem fininho
  • 1 bom punhado de folhas de manjericão fresco rasgadas
  • 12 tomates secos picados grosseiramente
  • 2 bolotas de mussarela de búfala cortadas grosseiramente (200g aproximadamente)
  • sal e pimenta-do-reino a gosto (se possível, moídos na hora)
  • 10 fatias de presunto de parma sem a gordura (pode ser feito com outros tipos de presento também)
  • 450g de massa caseira (veja a receita aqui)
  • azeite e uma porção extra de parmesão e manjericão para servir
Ponha o parmesão, o manjericão, os tomates e a mussarela em uma tigela, misture e tempere. Corte as fatias de presunto ao meio e coloque uma colher de sopa cheia do recheio em uma de suas extremidades. Dobre as laterais do presento e enrole até fechar o recheio. Repita a operação com o restante do presunto e do recheio.
Recheie os ravióli colocando essa bolinha de recheio enrolada no centro e fechando as pontas (para selar as massas superior e inferior, utilize um pincel com água, e deixe um espaço de +- 5cm entre as bolinhas de recheio).
Cozinhe-os em água salgada fervente por 3 ou 4 minutos, até ficarem tenros, e escorra com cuidado. Sirva salpicado com azeite, pimenta-do-reino, parmesão e manjericão.
Óbvio porém sublime!!!!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Tagliatelle fresco com molho de queijo e brócolis

Este prato se revelou uma delícia para uma refeição bem especial (fácil com cara de sofisticado). A combinação da massa fresca com o molho cremoso de queijo provoca um sabor inigualável!
Tagliatelle fresco com molho de queijo e brócolis
(foto do livro Jamie em Casa, de Jamie Oliver)
Ingredientes: (receita do livro Jamie em Casa, de Jamie Oliver) - para 4 pessoas
  • 450g de massa de macarrão fresca (ver a receita aqui) cortada como tagliatalle
  • 250g de creme de leite (fresco de preferência). Na receita original pede crème fraîche
  • 150g de queijo fontina (usei o marsla e ficou perfeito), pode substituir por qualquer queijo próprio para derreter
  • 150g de queijo parmesão de boa qualidade ralado fininho na hora
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 400g de brócolis
  • 2 gemas de ovos grandes
  • um pequeno punhado de ervas, como tomilho ou mangerona frescos
Modo de preparo:
  • Ponha uma panela grande de água com sal para ferver. Em uma tigela grande o suficiente para ficar sobre a panela, coloque o creme de leite, os queijos com uma pitada de sal e pimenta-do-reino. Acomode a tigela sobre a panela para que os queijos derretam lentamente. Enquanto isso, corte os talos do brócolis em fatias e deixe as flores inteiras.
  • Neste ponto, verifique se o queijo está cremoso, retire a tigela de sobre a panela e coloque a massa e o brócolis na água fervente, deixando por 2 ou 3 minutos até ficarem cozidos.
  • Bata as gemas e as ervas com o molho.
  • Escorra a massa e os brócolis reservando um pouco da água do cozimento para acrescentar os molho caso este fique espesso. Rapidamente misture a massa ao molho, seu calor será suficiente para cozinhar delicadamente os ovos.
  • Sirva o mais rápido possível polvilhando com parmesão e óleo de oliva a gosto.
Essa receita esbanja!
Você pode acompanhar o Jamie fazendo esta mesma receita aqui.

Salada de morangos com parma

Este prato inusitado e especial foi preparado para o dia dos namorados (que dia aquele...) e foi acompanhado de uma massa maravilhosa e de uma picanha uruguaia que nunca esteve tão gostosa. Digo que vale muito a pena!
Salada de morangos com parma
(foto do livro Jamie em Casa, de Jamie Oliver)
Ingredientes (receita do livro Jamie em Casa, de Jamie Oliver) - para 4 pessoas
  • 300g de morangos, sem o cabinho e fatiados (grosseiramente), usamos também alguns tomatinhos cereja pequenos e bem vermelhos
  • vinagre balsâmico
  • suco de 1/2 limão
  • óleo de oliva extravirgem
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • folhas de mangericão fresco
  • 250g de queijo (de sua preferência) mussarela (na receita original pede o queijo halloumi) cortado em 8 fatias
  • algumas folhas de hortelã fresca
  • folhas diversas para salada
  • 8 fatias finas de presunto de parma (na receita original pede o Speck)
Modo de preparo:
  • Em uma tigela regue os morangos e os tomatinhos com uma boa borrifada de balsâmico, o suco de limão e um pouco do óleo de oliva. Tempere com sal e pimenta.
  • Preaqueça uma frigideira antiaderente e adicione um pouco do óleo de oliva. Pressione uma folha grande de mangericão sobre cada fatia de queijo e coloque-as na frigideira com a folha virada para baixo, virando quando dourar (frite até ficar crocante dos dois lados).
  • Para a montagem, coloque o queijo dourado no fundo de um prato. Coloque a hortelã, as folhas de mangericão e as folhas de salada na tigela com os morangos e misture tudo. Amontoe a mistura sobre o queijo e finalize com a fatia de parma por cima, servindo regado com balsâmico e óleo de oliva.
Você se lembrará eternamente dessa salada maravilhosa!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Definindo as receitas pelo título - Massa

Eu tenho uma paixão especial pela culinária italiana, principalmente no que diz respeito a brusquetas, massas e risotos. Mas cabe aqui uma pergunta, tem como não gostar de uma explosão de sabores que podem ser combinados nesses pratos?
Receita caseira de macarrão
Depois que descobri como faz massa caseira e comecei a praticar minha vida foi outra. A experiência de fazer sua própria massa, dar a forma que você quiser para ela e depois ainda poder contemplar seu sabor único (completamente diferente de qualquer massa industrializada) é indescritível. Espero que mais pessoas possam aproveitar essa receita!
Para a massa: 400g de farinha e 4 ovos (só!). Essa receita dá para 4 pessoas.

No preparo, peneire a farinha fazendo um monte, depois abra o cento como se fosse um vulcão. Quebre os 4 ovos em uma peneira e peneire-os no centro da farinha. Misture os ingredientes até ter incorporado toda a farinha (uma dica, não coloque toda a quantidade de farinha de primeira, pois, dependendo do tamanho dos ovos, pode ser necessário mais ou menos, então reserve um tanto e vá acrescentando se ver que a massa está muito pegajosa).

Trabalhe a massa até que ela fique lisa e homogenea (isso demanda força e paciência), e ela não deve grudar na mão! Após essa etapa, faça uma bola com a massa, envolva em papel filme e deixe descansar na geladeira por, no mínimo, 1 hora.

Após esse tempo, divida a bola em quatro partes e abra cada uma das partes com um rolo (se você não tiver um cilindro de macarrão em casa) sobre uma superfície enfarinhada.

Ao final, a massa deve ficar com uma espessura de 1 a 2 mm (você consegue verificar isso apertando com o dedo o centro da massa, se seu dedo deixar uma marca você deve abrir mais, se não, já está bom). Depois de aberta é só cortar da forma e largura que você quiser.

Dicas de formatos:

Para massas compridas, enfarinhe bem a superfície da massa aberta (para não grudar) e enrole-a como um rocambole. Depois corte na largura que você quiser e solte os rolinhos.

Larguras clássicas: Pappardelle - 4cm; Tagliatelle - 2cm; Talharim - 1cm.
Pappardelle, Tagliatelle e Talharim
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver) 
Para massas recheadas: Para lasanha corte a massa aberta em retângulos de 7cm x 10cm.
Para o ravioli, corte a massa em tiras de 7cm de largura, disponha o recheio sobre uma tira (com 5cm de distância entre os montinhos) e depois cubra com outra tira, cortando em quadrados com o recheio no meio (7cm x 7cm). Para fechar a massa, pincele a tira inferior com água antes de colocar a tira superior.
Preparação do Ravióli
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Para o tortellini, corte a massa em círculos de 10cm de diâmetro, coloque uma colher do recheio no centro, dobre em forma de pastel (selando as beiradas) e una as laterais no centro com o dedo (essa é realmente mais complexa).
Preparação do Tortellini
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Preparação do Farfalle
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Melhoras no ano de 2010

Com a virada de 2010 nós fomos nos especializando e eu adquiri diversos livros de culinária (o Mestre-cuca da Larousse; O Chefe sem Mistérios, Jamie em casa e A Itália de Jamie, do Jamie Oliver; Cooking; e Ervas, Temperos e Condimentos de A a Z- todos excelentes), além de recortes de receitas da minha mãe, de xerox de livros de culinárias emprestados de amigas, de livros que peguei com minha sogra e de dicas que achei na internet (Blogs Chocolatria e da Nigella, Site do Bacalhau da Noruega, do MdeMulher, do Gourmet da GNT, da coleção 'A grande cozinha' e da Gastronomia&Negócios) - ficam ai as dicas!
Agora eu posso dizer que estou bem munida de umas 4 mil receitas para testar (e para reinventar). Mas o bom mesmo desse arsenal todo não são as tão cobiçadas receitas, mas todas as milhões de dicas culinárias que têm só facilitado nossas vidas curiosas...

Definindo as receitas pelo título - Peixe

Tilápia com risoto de camarão
Esse sem dúvida foi um dos melhores risotos que eu já preparei, mas foi de longe também o que me deu mais trabalho. Há diversas etapas nele que podem ser abreviadas (como: substituir o caldo de legumes feito na hora por caldo em tablete misturado em água, e substituir o molho de tomate caseiro por molho já pronto) mas eu garanto que todo o esforço e sujeira valeram à pena, pois o resultado foi DIVINO!!!
Para a tilápia: filés de tilápia temperados com sal, pimenta-do-reino e limão e fritos em um pouquinho de azeite.

Para o risoto: vou dividir em etapas para facilitar

Para o caldo de legumes: 2 litros de água, cheiro-verde, batata (sem casca cortada em pedaços), cenoura (idem), alho-poró (em pedaços), salsão (bem picado), 1 tablete de caldo de legumes esmigalhado, alecrim e sal. Coloca todos os ingredientes numa panela para ferver por uma hora. Retire do fogo, coe e reserve.

Para o molho de tomate: 8 tomates maduros (cortados em 4), 1 cebola (idem), 3 dentes de alho, majericão fresco, sal e 1 xíc de azeite. Em uma panela, leve todos os ingredientes (exceto o azeite e 1 dente de alho) ao fogo médio. Cozinhe até o tomate soltar água. Retire do fogo, remova a pele do tomate e bata no liquidificador. Coe e leve de volta ao fogo até a água secar. Junte o alho restante e o azeite aos poucos, mexendo sempre, por 20 min ou até apurar bem.

Para o risoto: cebola (em rodelas finas), 2 dentes de alho picados, manteiga, azeite, arroz arbóreo, vinho branco, sal, 6 tomates sem pele e sem sementes em cubos, camarão, parmesão e manjericão para decorar. Em uma panela, leve a cebola, o alho, a manteiga e o azeite, refogue. Junte o arroz e frite, mexendo sempre. Acrescente o vinho e misture até evaporar. Adicione 4 conchas do caldo e 1 xic do molho reservado e misture. Verifique o tempero e corrija com o sal, se necessário. Acrescente mais caldo conforme o arroz for secando. Junte o tomate e o camarão e cozinhe até o arroz ficar al dente. Apague o fogo e misture 1 colher de manteiga e o queijo parmesão e sirva decorando com o manjericão.
O melhor de todos!!!
Surubim com ervas, ao molho de vinho branco com camarões sauté e batatas rústicas
O surubim é um peixe um pouco gorduroso e a melhor forma de comê-lo é defumado. Porém, se você não tiver como comprar o peixe defumado ou não conhecer alguém que saiba defumar, você pode fazer como eu, assado, que fica também muito bom.
Para o peixe: surubim temperado com sal, pimenta-do-reino, limão e ervas finas (especiais para peixe). Antes de levá-lo ao forno, passe-o pela frigideira com azeite por tempo suficiente para criar uma crostinha (3 minutinhos bastam).

Para o molho: manteiga e farinha de trigo (como para o preparo de molho branco convencional), vinho branco e caldo de camarão (em água). Proceda como no preparo do molho branco convencional, só que ao invés de acrescentar leite, acrescente o vinho com o caldo de camarão e deixe apurar.

Para os camarões sauté: camarões, cebola, azeite, sal, pimenta-do-reino e vinho branco. Tempere os camarões com o sal e a pimenta. Depois frite brevemente no azeite com cebola, acrescente um pouco de vinho branco e deixe que o camarão termine de cozinhar até que o caldo seque. Cuidado para não deixar tempo de mais pois os camarões ficam borrachentos e duros quando cozidos por muito tempo.

Para a batata rústica: lave bem as batatas em água corrente, pique em cubinhos (com a casca) e frite até que dourem.
Vale a pena experimentar!!!

Definindo as receitas pelo título - Cordeiro

Pernil de cordeiro com damasco e tomilho, acompanhado com cebolas assadas
Até para quem não gosta de cordeiro eu garanto que não tem como não gostar dessa receita. Ambas foram tiradas do livro do Jamie Oliver - o chef sem mistérios.
Para a cebola: cebola roxa (cortada em cruz até a metade), sal, tomilho e manteiga. Colocar o sal, o tomilho e um pedaço de manteiga dentro da cebola e levar para assar sobre sal marinho no forno (200 graus) por 30 a 35 minutos.
Cebola roxa assada com tomilho
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Para o cordeiro: pernil de cordeiro, um punhado de tomilho, 1/2 dente de alho, sal, azeite, suco de 1/2 limão e um punhado de damasco.
Em cada uma das extremidades do pernil, contorne o osso do cordeiro com uma faca, enfiando a lâmina dentro da carne em uns 10-12 cm (fazendo um "túnel" separando a carne do osso). Com uma faca de ponta fina faça umas 6 ou 8 perfurações na carne ao redor da perna e, para aumentar o tamanho das incisões, enfie os dedos e empurre para baixo. Em um socador de alho (ou almofariz), esmague um bom punhado de folhas de tomilho, com o alho e uma colher de sal. Após obter uma pasta, adicione 1 colhes de sopa de azeite e o suco de limão.
Pernil de Cordeiro assado com anchovas e alecrim - imagem ilustrativa
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Pique grosseiramente um bom punhado de damascos secos e misture com o tempero do almofariz. Utilize essa pasta para rechear todas as incisões feitas e esfregue o restante da mistura sobre toda a carne, temperando com mais uma pitada de sal.
Ponha um pouco de óleo em uma assadeira quente, coloque o cordeiro e asse-o no forno a 225 graus, virando-o a cada 30 min até ficar cozido.
Simplesmente MARAVILHOSO!!!
Kebabs de cordeiro grelhado com pistache acompanhado de tagliatelle caseiro ao pesto
O Kebab é outra receita do Jamie, só que do livro Jamie em casa. Fica uma delícia e da um gostinho de quero muuuuito mais!!!! Já a massa eu não tenho comentários. Depois que aprendemos a fazer massa em casa nossa vida foi mais feliz! (que lindo) Leve e saborosa, incomparável!!!
Kebabs de cordeiro grelhado com pistache
(foto do livro O Chef sem Mistérios, de Jamie Oliver)
Para o kebab: 500g de carne de pernil de cordeiro (na receita original era paleta), 2 col de sopa cheias de folhas de tomilho, 1 col de sopa rasa de pimenta vermelha moída (usamos pimenta calabresa), raspas finas da casca de um limão (na receita original eram 4 col de sopa rasas de sumac), 1 col de sopa de cominho, sal e pimenta-do-reino e um bom punhado de pistaches sem casca.

Coloque a carne de cordeiro em um processador (ou peça para o açougueiro moer antes para você) com a maior parte do tomilho, da pimenta vermelha do cominho e das raspas de limão, um pouco de sal e pimenta-do-reino e todo o pistache. Tampe e processe até moer a mistura.

Divida a carne em partes iguais e molde-as como hamburgueres ou almondegas maiores (na receita original fala para moldar ao redor de um espeto e levar à churrasqueira, como fizemos grelhada, preferimos mudar um pouco o formato). Grelhe os kebabs até que fiquem dourados.

Para a massa do tagliatelle: 300g de farinha e 3 ovos (para 2 pessoas que comem bem). Misture os ingredientes, sovando a massa até que ela fique lisa e homogenea. Esse trabalho é uma arte e uma terapia, portanto aproveite esse momento! Deixe a massa descansar por, pelo menos, 1 hora na geladeira, envolta por filme plástico.
Depois, polvilhe com farinha uma superfície plana, divida a massa em 4, e abra com o rolo de macarrão até uma espessura de 1mm. Corte a folha de massa em tiras de 2cm de largura e reserve. Faça o mesmo com o restante da massa.
Cozinhe em água fervente (salgada e com um fio de óleo) por um minutinho (como a massa é fresca é bem rápido mesmo) - obs: essa receita pode ser feita com qualquer massa industrializada, caso você queira menos trabalho (e, garanto, menos sabor).

Para o pesto: 1/4 de dente de alho picado, 3 bons punhados de manjericão fresco, 1 punhado que queijo parmesão ralado, azeite, sal e pimenta-do-reino. Colocamos também algumas folhas de hortelã para dar um gostinho. Amassa tudo num socador de alho, adicione bastante azeite e misture à massa quando ela terminar de cozinhar. Não precisa ir ao fogo!
Não tenho nem palavras para descrever esse prato! É fantástico!!!
No dia seguinte, para aproveitar a carne de cordeiro moída que sobrou do kebab nós resolvemos inventar. Fizemos umas mini-almondegas para acompanhar um macarrão, e ficou uma delícia!

Para as almondegas: carne moída de cordeiro, cominho (pouco), tomilho, nozes e damasco (picados), sal e pimenta-do-reino. Misturamos tudo e moldamos na forma de bolinhas e fritamos em um pouquinho de azeite.
Excelente!!!